22 novembro 2013

Testei: Batom Shine Colours (Abelha Rainha)

Oie meninas e meninos,  Bom diaaaa tudo bem?
Como a semana passou rápido né?
Bom a minha foi bem agitada, vocês devem ter percebido pela ausência, mas graças a Deus tudo no seu tempo certo; voltando ao assunto do post testei, será que gostei?
Venham comigo saber.
Mais uma resenha e a tempo estou testando esse batom para falar para vocês o que achei sobre ele.


Vejam como ficou nos meus lábios;





































E vou dizer para vocês que no início não havia gostado dele sabe, porque? Os meus lábios estavam bem ressecados e logo que comprei comecei a usar e não gostei porque achei que ficou craquelado, mas na verdade estava assim porque os meus lábios estavam desidratados, bem ressecados mesmo.
Mas como vocês estão vendo na foto aqui embaixo, é um batom bonito, corinja diria assim, porque combina com qualquer make  (neutra, colorida) enfim,  é sempre bom ter algum batom assim  guardado, vale a pena.
 
 
 







Realmente é uma cor bonita, vale a pena ter.
 A embalagem é bem simples, porém bonita e não é uma embalagem ruim , já deixei cair várias vezes e não quebrou.
E o cheiro, é maravilhoso, sinceramente gostei, como sou de testar muitos produtos, principalmente batom  tem um cheiro mega agradável.

Batom Shine Colours pedras preciosas (cor ouro) 3,7g
Comprei com uma colega e os preços são bem atraentes, bem baratos paguei R$6,00, mas em conta do que a Avon por exemplo, e de qualidade bem parecida.
Eu testei e gostei e vocês já testaram algum batom ou algum produto da marca?
Deixe aqui nos comentários ficarei super feliz em saber a sua opinião, sugestão ou crítica construtiva...

Palavra de Deus, nosso refúgio:

MANTENHA sua mente limpa de qualquer pensamento menos digno.
Só assim conservará a serenidade e a paz, como base da felicidade que chegará a você.
O corpo é o reflexo da mente.
E a mente é o reflexo de nossa alma, que é o nosso verdadeiro eu.
Pense coisas nobres e elevadas, e seu corpo manterá inalterável a saúde, trazendo-lhe a felicidade que tanto almeja.
Minutos de Sabedoria pág 245